Como definir um capital social ideal?

Uma das principais dúvidas de quem está pretendendo iniciar um negócio, é definir qual será o seu capital social. Desde o conceito até a definição do valor, é importante respeitar algumas regrinhas.


Vamos explicar com base em algumas perguntas que são feitas frequentemente.

Afinal, o que é capital social?


Trata-se do valor que os sócios ou acionistas estabelecem para sua empresa no momento da abertura.


A quantia bruta que é investida, o montante necessário para iniciar as atividades de uma nova empresa, considerando o tempo em que ela ainda não vai gerar lucro suficiente para se sustentar.


Qual é o objetivo?


O objetivo é definir o valor que é utilizado para a manutenção da empresa, logo, esse recurso pode ser utilizado para comprar equipamentos, acessórios, contratar serviços, ferramentas, adquirir computadores, carro, ou seja, tudo que for relacionado com o desenvolvimento do seu negócio.


Definindo o capital social?


Agora que você entendeu o conceito por trás do capital social, é hora de definir o valor.


e você não tem esse número claro, inicie com R$ 1.000,00 (a não ser que você esteja abrindo empresa como Empresário Individual ou Sociedade Limitada).


Qualquer coisa, você também consegue fazer a troca desse valor depois. Não precisa perder esse tempo na hora de abrir a empresa por este motivo.


Capital social para diferentes formatos:


Individual - é possível começar com qualquer quantia. É importante ter atenção com a questão de dar preferência para começar com um determinado valor e ir aumentando posteriormente.


Eireli - o capital precisa ser a partir de 100 salários mínimos. É importante frisar que apesar de você não precisar comprovar esse valor no momento da abertura da empresa, ele tem que estar disponível. Caso você não tenha esse recurso, pode haver uma inconsistência na sua declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física do próximo ano.


MEI - no caso do microempreendedor individual, você pode começar com qualquer valor como capital social.


Conclusão


É importante sim entender o conceito por trás do capital social, porém, não é um assunto que deve gerar complicações, pois as regras são claras e simples.




15 visualizações0 comentário